Álvaro Damião

Coluna do Álvaro Damião

Veja todas as colunas

Deixa o VAR trabalhar, gente! 

O VAR veio pra ficar e é melhor estudar a regra e aceitar. “Var” se acostumando, meu povo! 

09/04/2019 às 04:23

Bruno Cantini / Atlético


Quarta-feira é dia de Libertadores! Atlético e Cruzeiro entram em campo pela quarta rodada de seus respectivos grupos. O Galo visita o Cerro Porteño, às 19h15, em Assunção, no Paraguai. A Raposa recebe o Huracán, no mesmo horário, no Mineirão.

Poderia falar aqui sobre desfalques, esquema tático, expectativas para os jogos e tudo mais, mas há outro assunto que eu acho que merece destaque: o VAR. Na Libertadores, o árbitro de vídeo será usado somente na próxima fase, mas no Campeonato Mineiro ele já está em funcionamento. 

Se antes o receio era que o VAR acabasse com as discussões nos botecos, nas resenhas ou nos programas esportivos, já temos certeza que isso não vai acontecer. E quem quiser comprovar isso, é só acessar as redes sociais, assistir televisão ou ligar o rádio às segundas-feiras, por exemplo. As polêmicas envolvendo o árbitro de vídeo não são exclusivas do Brasil. Não há uma semana sequer que não haja uma discussão envolvendo o VAR, no futebol europeu, por exemplo. 

O VAR é uma realidade e veio para tornar o futebol mais justo. Não há como negar. É claro, que os torcedores irão criticar sempre, faz parte. Torcida é movida pela paixão. A imprensa – dentro do seu papel – deve informar e questionar algumas situações de jogo, mas cabe a nós – enquanto jornalistas – respeitarmos a decisão do VAR. 

Há situações que não cabem questionamentos ou análises. No último domingo (7), por exemplo, estava assistindo a um programa de televisão e ouvi um rapaz dizer que o gol do Luan, do Atlético, na visão dele estava impedido. Ora, até onde eu saiba lance de impedimento não é interpretativo. Ou o lance está impedido ou não está. Não há interpretação. 

Nós precisamos deixar o VAR trabalhar. Não há que ficar se discutindo impedimentos, pedindo áudios entre os árbitros. Daqui a pouco o torcedor vai querer apitar o jogo, assim como a imprensa. 

Não é problema nosso, o que um árbitro conversa com o outro. Cabe à imprensa, clubes e torcedores analisar as imagens. 

A moda do momento agora é ouvir dirigente de clube dizendo que para o VAR ter lisura o clube deveria ter acesso aos áudios das conversas dos árbitros. O engraçado é que os clubes que tanto pedem essas lisuras são os mesmos que se esquecem completamente da palavra transparência quando se trata de gestão de futebol. 

O VAR veio pra ficar e é melhor estudar a regra e aceitar. “Var” se acostumando, meu povo! 

Tamo junto e até a próxima. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Joaquim Levy envia carta de demissão a Paulo Guedes após críticas de Bolsonaro: https://t.co/xpec9NXpy7 https://t.co/uLIb7CsDhv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não gostou das críticas públicas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro nesse sábado

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Argentinos não perdiam na competição desde 2007

    Acessar Link