Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Neymar e a missão Copa América Brasil 2019

Cabeça no lugar para buscar novos rumos com a 10 do Brasil. Assim desejamos que Neymar viva nos próximos dias até 7 de julho, na grande final.

25/05/2019 às 04:07
Neymar e a missão Copa América Brasil 2019

Como todo super star o craque Neymar surgiu dos céus e desceu de helicóptero na Granja Comary. Lá no portão da casa da gleba 6 um batalhão mirim. Crianças gritavam seu nome em busca de um aceno e um sorriso. Foram atendidas de imediato.

Já o batalhão de fotógrafos e cinegrafistas foram driblados como os adversários em campo. Vidros fumê da van não permitiam ver a grande atração do Brasil na Copa América.

O momento de Neymar não é bom. Vem de recuperação de uma nova fratura no quinto metatarso do pé direito e soco num torcedor na final da Copa da França. Foi reprovado na hora por milhares de fãs ao redor do mundo. Gol contra inexplicável.

Agora, tenta reescrever sua história com a camisa da Seleção Brasileira. Torcedores chateados com alguns fracassos nas últimas competições esperam uma resposta do time em campo e, de preferência, o mais rápido possível.

Ney sabe disso. Precisa consertar a m* que fez com aquela agressão. Pode perder a braçadeira de capitão na Copa América. Mas, tem futebol necessário para recuperar o carinho da torcida. O toque mágico se chama gols com vitórias e a alegria do povo vai voltar e ele será endeusado novamente.

Ele tenta melhorar a imagem ao se antecipar na apresentação aqui na Granja Comary. Bom sinal de um atleta que veio para somar e vencer.

Ainda estamos vibrando com seus gols na conquista da medalha de ouro nos jogos olímpicos Rio 2016 ao vencer a Alemanha nos pênaltis dentro do Maracanã, um dos seu palcos preferidos para fazer multidões felizes.

Cabeça no lugar para buscar novos rumos com a 10 do Brasil. Assim desejamos que Neymar viva nos próximos dias até 7 de julho, na grande final.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link