Notícias

Bolsonaro diz que existe ‘no radar país que pode ser origem’ da mancha de óleo no Nordeste

Por Redação, 08/10/2019 às 08:07
atualizado em: 08/10/2019 às 08:07

Texto:

Foto: Adema/Governo de Sergipe
Adema/Governo de Sergipe

O presidente Jair Bolsonaro, ministros e as Forças Armadas se reuniram para discutir o aparecimento de manchas de óleo em 132 praias de todos os estados do Nordeste.

O presidente afirmou que o problema não foi provocado pelo Brasil e que existe um país "no radar que pode ser a origem do petróleo”. “Pode ser algo criminoso, pode ser um vazamento acidental, pode ser um navio que naufragou. É complexo”, disse. 

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi ao Sergipe acompanhar uma operação para recolher a substância. Segundo ele, 100 toneladas de borra de petróleo já foram retiradas desde o surgimento das manchas no mês passado. 

O Ibama vai checar se óleo atingiu o Rio São Francisco.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link