Notícias

Fred deixa vantagem do Cruzeiro de lado e quer garantir título com nova vitória

Por Agência Estado, 14/04/2019 às 20:23
atualizado em: 14/04/2019 às 20:27

Texto:

Foto: Vinnicius Silva/ Cruzeiro
Vinnicius Silva/ Cruzeiro

O Cruzeiro conquistou uma boa vantagem e saiu na frente na briga pelo título do Campeonato Mineiro. Jogando no Mineirão, a equipe venceu o Atlético, pelo placar de 2 a 1, e está a um empate do bicampeonato estadual. O atacante Fred afirmou que a equipe não entrará com o "regulamento embaixo do braço" no segundo jogo da decisão, que será no próximo sábado, no Independência.

"Jogar normal, como sempre jogamos fora na Libertadores e no Mineiro. Agora vamos para a segunda partida e vamos tentar fazer um jogo de igual para igual. A vantagem passou para o nosso lado  mas é mínima. Temos que jogar para vencer", disse Fred, atacante do Cruzeiro, que afirmou não ter sentido o toque da bola na mão no gol anulado com auxílio do VAR.

"Eu realmente não senti. Fui cabecear e como houve muito contato  não sei dizer se a bola bateu na minha mão ou não. Ainda questionei o árbitro antes do jogo sobre lances como esse, e ele me disse que se o braço estivesse junto ao corpo não teria problema. Mas no momento do jogo, ele acabou anulado o meu gol, enfim, temos que entender", completou o artilheiro.

Estreia

A partida também foi importante para Pedro Rocha, que fez sua estreia com a camisa do Cruzeiro ao entrar no segundo tempo substituindo Rodriguinho. O atacante afirmou que mesmo sendo apenas seu segundo jogo em 2019, ese sentiu muito bem e quer ajudar ainda mais os seus companheiros no decorrer da temporada.

"Me senti muito bem e estou feliz pela estreia. É meu segundo jogo no ano, mas como vinha treinando me senti muito bem. Quero seguir treinando para ajudar cada vez mais meus companheiros e para sairmos do Campeonato Mineiro com título", completou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link