Ursula Nogueira

Coluna da Ursula Nogueira

Veja todas as colunas

57ª edição do Troféu Guará BMG: trabalho e muita emoção

31/01/2020 às 05:53

Chegamos à 57ª edição do mais tradicional prêmio do esporte mineiro. São quase seis décadas de Troféu Guará BMG, uma noite de gala para exaltar quem dedica sua vida aos gramados, às quadras...

Especialmente este ano, tivemos um árduo trabalho. Na alegria, fechamos o olho e comemoramos; na tristeza, foi preciso tranquilidade. Escolher os melhores em uma temporada tão aquém como a de 2019 é olhar, ainda mais, com o coração. 

Como ponto alto na noite de ontem, tivemos a entrega do Troféu Guará Especial à dona Salomé, torcedora-símbolo da torcida do Cruzeiro, que passou mal durante o último jogo celeste diante do Palmeiras, que definiu o rebaixamento do clube a Série B, e faleceu um dia depois.

A homenagem póstuma foi recebida pelo seu filho, Roberto Silva, das mãos de duas outras torcedoras-símbolo do futebol mineiro: a Vovó do Galo e a Dona Zuzu, americana. Assim como Salomé, elas engrandecem e fazem de segunda pele as camisas de seus times do coração. 

Em mensagem nesta sexta-feira pra mim, Betinho, um dos netos da Vovó do Galo, disse que são eventos como esse que a mantém viva. “Nossos laços, da nossa família, foram construídos ao som da Itatiaia. Você coordena um canhão de emoções. Deus abençoe sua família e não deixe de acreditar nas pessoas. Decepções são cascas, mas não podem tirar nossa essência”.
Isso faz um bem danado. 

Sabe a sensação de dever cumprido? Isso vai além do sucesso do evento.

Gabriel Rezende/Itatiaia

Foi um momento de carinho e muita emoção. Nada menor do que o esporte merece. Torcedores de clubes rivais, elas são queridas uma pela outra e engrandecem o futebol por pregarem a paz, a família, a união e a paixão pelo outro, seja ele na arquibancada ou no gramado.  

O Primeiro Time do Rádio

Nós nos mostramos, mais uma vez, os melhores de todos os tempos. Nos sentimos honrados por, a cada ano, ter uma equipe de profissionais tão gabaritada.

Repasso a todos vocês os elogios de nossa presidência, de que o Troféu Guará foi de novo muito bom. Feito como planejado e surpreendendo a cada ano.

Uma equipe enorme fez parte e por isso o evento aconteceu. Valeu cada cansaço, cada dor no corpo, cada preocupação e cada frio na barriga. Mais uma vez, o dedo de Deus agiu e nos abençoou. 

Geramos pauta para a mídia, promovemos encontro de ídolos, pessoas conhecendo os jogadores que gostam, realização de sonhos. 

Reitero a frase do tricampeão mundial de Fórmula 1, o brasileiro Ayrton Senna: “Eu sou parte de uma equipe. Então, quando venço, não sou eu apenas quem vence. De certa forma termino o trabalho de um grupo enorme de pessoas!”. 

Somos bons, mas, juntos, somos melhores. Obrigada a todos pelo respeito, confiança e profissionalismo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    💡 BOA NOTÍCIA! Pesquisadores da Coréia do Sul e do Oriente Médio apostam em uma vacina desenhada com DNA sintético para obter a imunização contra a Covid-19. Os cientistas u...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'É importante lembrar que cada pessoa precisa de uma quantidade mínima de horas de sono diferente'.

    Acessar Link