Notícias

Cruzeiro vai reduzir salários em 25% caso paralisação continue após o fim das férias

Por Redação/Agência Estado , 01/04/2020 às 14:06
atualizado em: 01/04/2020 às 20:03

Texto:

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Gustavo Aleixo/Cruzeiro

A exemplo de outros clubes pelo Brasil, o Cruzeiro anunciou, nesta quarta-feira, medidas financeiras a serem adotadas por causa da pandemia do coronavírus. Caso a paralisação do futebol nacional continue após o dia 20 deste mês, quando jogadores e membros da comissão técnica retornarão de férias, concedidas a partir desta quarta, haverá redução de 25% nos salários de todos os funcionários.

Segundo o Cruzeiro, a redução salarial será aplicada a colaboradores, jogadores, diretoria e membros da comissão técnica. Mesmo os funcionários que não estiverem de férias sofrerão com o corte a partir do próximo dia 20. Para adotar a medida, o clube celeste se apoia na Lei nº 13.979/2020, a Medida Provisória nº 927, o art. 503 da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas).

O Cruzeiro passa por um período de reformulação após ser rebaixado ano passado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Contratado na semana passada, o técnico Enderson Moreira, junto com os dirigentes do clube, busca fazer contratações "pontuais" para reforçar a equipe.

O Cruzeiro não fazia boa campanha no Campeonato Mineiro, quando a disputa foi paralisada, a duas rodadas do fim da fase de grupos. O time era apenas o quinto colocado, fora do quadrangular final.

Confira a nota divulgada pelo Cruzeiro:

Férias e possível corte de salários; Cruzeiro anuncia novas medidas sobre período da pandemia

Considerando que é fato público e notório a propagação comunitária do coronavírus (Covid-19), tendo ainda o Ministério da Saúde declarado “em todo o território nacional, o estado de transmissão comunitária do coronavírus (Covid-19)”, pela Portaria nº 454, de 20 de março de 2020;

Considerando a Lei n. 13.979/2020, a Medida Provisória nº 927, o art. 503 da CLT, e as legislações correlatas, estaduais e municipais;

Considerando os impactos econômicos já verificados pela pandemia e os que ainda se verificarão, exigindo a necessidade de medidas emergenciais e temporárias;

Considerando a paralisação de todos os campeonatos envolvendo equipes do futebol brasileiro;

O Cruzeiro Esporte Clube resolve:

Conceder a todos os jogadores e membros da comissão técnica 20 dias de férias a partir do dia 1º de abril;

Caso se mantenha a situação de pandemia, será aplicada uma redução de 25% sobre o salário dos funcionários (colaboradores, jogadores, diretoria e membros da comissão técnica), imediatamente após o retorno das férias, mesmo período em que poderá iniciar a redução para os que não estão de férias.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador vai ficar em isolamento social e será acompanhado pelo departamento médico do clube.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚠️ EXCLUSIVO! "Se há alguns que vão às ruas se manifestar contra as instituições livres e democráticas no nosso país, isso nos causa preocupação", afirmou.

    Acessar Link